domingo, novembro 06, 2011


Andança...

0
Vi, tanta areia andei, da lua cheia eu sei, uma saudade imensa
Vagando em verso, eu vim vestida de cetim,
Na mão direita rosas vou levar
Olha a lua mansa a se derramar,
Ao luar descansa meu caminhar
Vim de longe, léguas, cantando eu vim
Vou, não faço tréguas, sou mesmo assim
Por onde for quero ser seu par
Já me fiz a guerra por não saber
Que esta terra encerra meu bem querer
E jamais termina meu caminhar só o amor ensina onde vou chegar
Por onde for quero ser seu par
Rodei de roda, andei, dança da moda eu sei
Cansei de ser sozinha
Verso encantado usei, meu namorado é rei
Nas lendas do caminho onde andei
No passo da estrada só faço andar,
Tenho a meu amado a me acompanhar
Meu olhar em festa se fez feliz
Lembrando a seresta que eu te fiz
Por onde for quero ser seu par
Já me fiz a guerra por não saber
Que esta terra encerra meu bem querer
E jamais termina meu caminhar só o amor ensina onde vou chegar
Por onde for quero ser seu par
(Letra de Paulinho Tapajós)
Dedico essa música a todos os meus amigos  que já se foram e os que aqui ainda estão.
BJS...DALVA

0 comentários:

Postar um comentário